A CHAMA AZUL

“1° Raio Azul”

Esse Raio corresponde ao Pai, que é o Supremo Bem e que comporta o Plano de Evolução para todos os reinos da Natureza, da Humanidade como um Todo, do Planeta e do próprio Universo.Comporta o Plano de Evolução para todos os reinos da Natureza, da Humanidade como um Todo, do Planeta e do próprio Universo. É o Raio do Poder; encerra em si o Pensamento Divino do Coração e Espírito do Pai e transmite-O aos seus colaboradores do reino dos Ascensionados e dos não ascensionados.Isto significa que ele é a força motriz, o movimento e guia de novas idéias.

Primeiro Raio:Chohan Mestre El Morya, Complemento Divino, Mestra Mirian
Protetores:LordSírius e Lady Sírius
Templo:Templo da Vontade Divina
Local:No Plano Etérico, sobre Darjeeling, junto ao Himalaia,na Índia
Chama:Azul
Atributos:Poder, Força, Vontade Divina, Fé, Ordem Divina
Músicas-chave: Pompand Circunstance e Land of Hope and Glory (Elgar)
Música-chave do Complemento Divino: Panis Angelicus (Franck)
Virtudes:Vontade Divina, Fé, Força, Poder e Proteção
Palavra Chave: O que abre a porta
Chacra: Laríngeo (Garganta)
Som: Cântico Gregoriano
Dia da Semana: Domingo
Regência:O Sol que ao longo das eras e no decurso de muitas civilizações, sempre foi reverenciado como a mais perfeita manifestação visível de Deus
Símbolos:O Santo Graal (a Consciência Crística) e a Espada de Luz (Excalibur)
Perfume:Do Feno

As pessoas que recebem o 1o. Raio são geralmente chefes e possuem ilimitadas forças de poder para executar alguma coisa. A Chama Azul é a mais completa em atributos, possui 49 tons que correspondem a 49 qualidades diferentes. É irradiada do Plano mais elevado, o Plano de Deus. No Plano de Deus, que fica inter-relacionado com os mesmos planos de outros Planetas, Sistemas, galáxias e com Deus Pai-Mãe. No Plano de Deus, a qualidade de vida é a mais perfeita, a energia é a mais sutil e de vibração mais elevada e os Seres são os mais adiantados e estão encarregados da direção de todos os planos e dos seres viventes. É o Plano onde as idéias divinas são criadas e irradiadas aos outros Planos e Reinos. A Chama Azul é irradiada principalmente durante os domingos, quando seu potencial reina em todas as esferas da Terra.

Os Iluminados Mestres representantes do Raio Azul têm como atributos a Vontade Divina, a Determinação, o Poder, a Fé Iluminada, a Proteção e a Ordem Cósmica, que irradiam pelos lugares por onde passam. Tudo existe por manifestação da Vontade de Deus. A Vontade Divina é Perfeição; é Luz; é Proteção; é Fé; é Ordem Cósmica; é Determinação; é Poder; é Força; é Sabedoria; é Iluminação; é Amor; é Coesão; é Inteligência; é Ascensão; é Paz; é Verdade; é Liberdade; é Esperança; é Caridade; é Transfiguração; é Compaixão; é Justiça; é Misericórdia. A Vontade Divina é a União com a Energia Suprema.
“EU SOU a Vontade Divina manifestada em mim e por toda a Terra”.

O TEMPLO DA VONTADE DIVINA

O templo da Vontade Divina se encontra no Plano Etérico sobre Darjeeling, junto ao Himalaia, na Ìndia, o foco de luz da Vontade Divina, e residência do Mestre El Morya. O Templo principal fica cercado por um muro de mármore azul, com sete metros de altura.

Ao avistar o Templo, de longe se nota sua grandiosa beleza. E todo iluminado, com predomínio da Chama Azul. Na chegada, um Portal bem alto de forma ovalada, de mármore nas cores dos Sete Raios, iluminado e refletindo as cores dos Sete Raios.

Do lado de fora, Três Querubins de seu lado direito e Três Serafins de seu lado esquerdo. Dentro, Três Serafins de seu lado direito e Três Querubins de seu lado esquerdo. Cada Serafim e Querubim traz na mão esquerda um escudo e na mão direita um Espada Azul. Se não é permitida a entrada do visitante, Eles cruzam as espadas na sua frente e este tem que retornar. Se é permitida, os Querubins e Serafins tocam no alto as apontam das espadas, formando uma pirâmide, e o visitante passa por baixo; as Luzes das espadas, projetam-se para cima e caem no visitante como gotas de orvalho. Depois que o visitante passa, Eles cruzam as Espadas sobre o peito. No máximo, cada visitante permanece até cinco minutos.

O visitante entra e nota do lado direito um lindo jardim, gramado e coberto com flores multicoloridas. No centro, uma cachoeira em pedras azuis e verdes, formada com uma bica d’água nas cores do arco-íris, que caem num poço. Frequentemente ficam alguns Iluminados, atrás da cachoeira, acenando para os visitantes.

O Templo é espaçoso e bem decorado. As paredes são revestidas de delicado azul brilhante. Em seu Altar Sagrado, adornado de diamantes e preciosas safiras queimam ininterruptamente o Fogo Sagrado da Chama da Vontade de Deus.

No piso um maravilhoso tapete verde, que irradia esta luz intermitente em todos que ali passam. As colunas pelos corredores do Templo são cravejadas com diversos tipos de pedras preciosas. Possui várias salas , dentre as quais uma sala de espera, onde os visitantes aguardam ser recebidos pelo Bem-Amado Mestre; uma sala de reuniões, que geralmente tratam de assuntos importantes sobre a evolução do Planeta; um maravilhoso auditório, onde são ministradas palestras, com um espaçoso palco, usado, também, para apresentações dos mais brilhantes corais e artistas da terra; uma biblioteca, com livros raros e importantes, que Têm segredos ainda não revelados e até de Registros Acásicos, onde estão registrados acontecimentos históricos importantes da terra.

Neste Templo, os Iluminados se reúnem a cada três meses, onde marcam presença os corais de todos os Templos Ilumindados do Planeta, que em seu auditório tocam e cantam as mais lindas canções Cósmicas, regidos pela Mestra Míriam, o Complemento Divino do Mestre El Morya. Ele adora quando a Mestra Mírian toca a canção “Danúbio Azul”.

Neste Foco de Luz, o Mestre El Morya guarda a Espada de Diamantes, símbolo da força imanente e latente da Vontade de Deus, e o Cálice Sagrado, o SANTO GRAAL (foi usado por um longo período nas cerimônias da Sociedae de Camelot, mas depois alguns seguidores o estavam usando indevidamente e ele foi eterizado pelos Seres Iluminados e desapareceu misteriosamente), símbolo da elevação da consciência em direção ao Alto para receber a Vontade Divina e a Inspiração do Plano Divino. Estes lhe pertenceram desde a sua encarnação como o famoso e lendário REI ARTHUR, monarca da Grã Bretanha, que fez fama pela imposição de sua força sobre os malfeitores e reis corruptos, com a utilização da poderosa
ESPADA EXCALIBUR (também desapareceu misteriosamente) e a valiosa orientação do Mago Merlin (uma encarnação do Bem-Amado Saint Germain). Os visitantes e convidados adentram ao Templo através de uma enorme porta, com a sua parte superior ovalada e toda iluminada nas cores dos Sete Raios, passam por uma recepção e aguardam numa sala de espera, onde ouvem os mais lindos coros Cósmicos, todos vestidos em azul, organizados e regidos pela Mestra Mirian, enquanto aguardam para a conferência. No hall de entrada existe estampa na cidade de Agra, na Índia, no reinado do ShahJahan (uma das encarnações de El Morya), tendo como arquiteto e construtor o Mestre Kuthumi.

Todos são conduzidos à sala de reuniões, espaçosa e decorada com refinamento e bom gosto, onde são recebidos pelo Mestre El Morya. No centro, uma mesa redonda de mármore azul, NO ESTILO TÁVOLA REDONDA, rodeada de cadeiras das cores dos sete Raios, formada quando viveu como o LENDÁRIO REI ARTHUR. As janelas são de vidro colorido, predominando o azul, onde estão retratados alguns acontecimentos importantes de sua vida durante a peregrinação terrestre, como : os Três Sábios”Reis” Magos do Oriente, quando seguiam a “Estrela de Belém”. Numa das janelas está expressa a estátua do tocador de harpa de Tara (vivido por Zarathustra). Noutra, o Arcanjo Miguel: e na seguinte, o Elohim Hércules. Nesta sala há uma clareira em mármore azul, onde queima ininterruptamente a Chama da Ascensão. Também, perto da janela, tem um piano de pau-rosa, que o Bem-Amado Mestre utiliza para tocar, às vezes acompanhado pelo Bem-Amado Kuthumi, seu Irmão na Luz e companheiro de muitas jornadas terrestres.

Neste Templo servem vários Mestres e Discípulos de sua Fraternidade da Vontade Divina, responsáveis pela manutenção e irradiação desta chama para todo o Planeta e na instrução, 24 horas por dia, dos servidores deste Raio, que chegam conduzidos em seus corpos sutis, inconsciente, mas depois de retornarem à sua atuação diária utilizam os ensinamentos recebidos. Entre eles, você que agora é um iniciado no Raio Azul.
O Mestre El Morya, como Representante da Vontade Divina, é magnânimo, digno, decidido e austero. Tem um olhar firme, ao qual nada escapa e faz desmoronar todas as faltas, mesmo que seus discípulos tentem omiti-las. Tem uma postura de um Rei, que se destaca por onde passa, com seus 2,40 metros de altura. É esbelto, tem ombros bem largos e braços avantajados. Sua voz potente se destaca de todas as outras cantando as canções Cósmicas, nas diversas apresentações de que participa. Exige dos seus discípulos lealdade, decisão, firmeza, pureza e sinceridade no ser, pensar e atuar.

Aprendei a apreciar o trabalho deste grande Mestre que tanto lutou pela manifestação do Reino Divino na Terra e a ajudá-lo em seus elevados propósitos. Poucos são convidados para visitar seu Santuário, tanto Iluminados ou da evolução terrestre, porque nele reina um potencial energético muito elevado, mas de qualquer lugar poderás estar sintonizado com esta Luz e os seus propósitos.

O amado Mestre EL MORYA, o hierarca do Templo, convida os alunos dispostos a colocar sua vida a Serviço da Luz a se ligarem mais intimamente às aspirações da Hierarquia Espiritual. Eles podem frequentar um “curso” sobre as tarefas e objetivos para os próximos tempos, pois somente quando a Vontade Divina é realizada, o bem pode vencer na Terra. Cada um que está disposto a colaborar no trabalho deste Foco Ardente, é submetido a uma prova e receberá também na vida exterior os respectivos ensinamentos. Como condição para o reconhecimento da Vontade Divina, é necessário que o aluno seja claro e verdadeiro em seus pensamentos e ações. A Força aqui ancorada torna-se mais sensível a cada passo que aproxima o aluno do verdadeiro Foco Ardente. O Mestre também acompanha o trabalho dos políticos. À noite, em sua consciência superior, eles recebem ensinamentos, bem como conselhos e proposições, para que, dentro do possível, possam realizar o Plano Divino para o desenvolvimento de seus povos. Da mesma maneira como no caso dos alunos, a consciência cotidiana não absorve estes ensinamentos. Porém, eles se evidenciarão, quando a respectiva situação o exigir, influenciando inconscientemente suas ações.

Como representante da Vontade Divina para a Terra, o Mestre deseja que cada Aluno da Luz absorva esta poderosa Radiação, realizando-a em todas as esferas de sua vida, se estiver disposto a colocar sua vida exterior a Serviço da Luz e ligar-se mais intimamente às aspirações da Hierarquia Espiritual, o aluno poderá ser convidado para frequentar um curso especial sobre as tarefas e alvos para os próximos tempos. Se ainda um maior número de pessoas seguir as Leis divinas, o Bem se solidificará cada vez mais na Terra.

TEMPLO DO RAIO AZUL NO BRASIL

“O Templo da Vontade Divina Plano Etérico – Sobre Brasília, Brasil”

O Templo da Lei e da Libertação foi concluído no ano de 1993, sobre Brasília, no Brasil, e, antes de sua conclusão,já surtiu muito efeito sobre a política brasileira, mostrando quem é político e quem é ladrão, mascarado de político, manipulando e corrompendo no poder. “Estamos fazendo uma limpeza na política brasileira, primeiro iniciamos na liderança da política Nacional, depois partiremos para Estadual e Municipal”, diz o Mestre El Morya.

Se Todos seguissem as suas aspirações, os políticos teriam como ideal o progresso de todo o povo, mas estamos chegando na Era da Liberdade, quando o povo vais ser consciente de seus direitos, participará e acompanhará mais a evolução política do seu país.

O Brasil é um país muito promissor, corresponde ao Chacra Cardíaco do Planeta, onde será palco para o nascimento da poderosa e evoluída 7º Raça-Raiz e, para isso, será acometido de um desenvolvimento tão intenso. Para pouco tempo se fará muito notável. Não é por acaso que o Brasil foi contemplado com esse Foco de Luz, justamente sobre a sua capital, onde está a sua liderança. Foco de mudanças radicais.

Para este país, está planejada uma assistência muito intensa dos Iluminados, que se fazem notar facilmente quando acompanhamos a reviravolta conseguida em pouco tempo.

A Lua é vital para quando o seu país estiver infestado de corrupção na política, no qual os dirigentes governam para a elite e, na surdina, corrompem, roubam e massacram seus próprios irmãos de evolução. Sabemos que o problema existe há milênios, e para solucioná-lo apele aos Iluminados.A Verdade deve prevalecer em todos os lugares.

O povo é livre e não pode viver escravizado pelos aproveitadores.A corrupção deve ser denunciada, porque não podemos estar coniventes com pessoas que apunhalam os seus irmãos pelas costas, quando estão trabalhando e cumprindo o seu dever. Políticos são aqueles que trabalham pelo progresso integral de seu povo, sem distinção. Aqueles que servem grupo, corporação, classe ou seus interesses próprios são os “políticos”. Poucos são os políticos e por isto o povo deve estar atento para saber quem é quem. O povo é capaz de fazer dias melhores, desde que trabalhe com intenção.

A corrupção é um sinal de ignorância, pois, traz dívidas a serem resgatadas pelos herdeiros atuais e futuros, por isso precisa vir à tona.

FONTE: Hierarquia dos Iluminados.

HIERARQUIA DO RAIO AZUL

MESTRE EL MORYA

O Mestre Ascenso El Morya Khan, detém os cargos de Chohan do 1º raio da Vontade Divina, e chefe do conselho de Darjeeling da Grande Fraternidade Branca.

Chohan é uma palavra tibetana que significa “Senhor”, “Mestre” ou “Chefe”.

El Morya nos ensina a atingir a perfeição dos nossos atos e palavras. Seguindo seus ensinamentos, estamos sempre sob a proteção dos anjos do 1º raio, encontramos a Fé em Deus e a direção divina para tudo.

Aprendemos a corresponder aos mandamentos de Deus e a Amar a Deus e sua lei acima de tudo. Ampliamos nosso Poder divino, nossa Coragem, nossa Luz e energia.

Ele pode ajudar a todos os sinceros estudantes, que desejam manifestar estas virtudes, a governar o chakra da garganta para servir e manifestar essa maravilhosa luz da vontade divina.

O ensinamento mais importante de El Morya, concerne à Vontade de Deus; o plano divino que Deus tem para cada um de nós. Ele ensina a seus alunos, que ao buscarmos o alinhamento com a Vontade de Deus, gradualmente reunir-nos-emos ao nosso Eu Superior.
O plano divino é a nossa missão e razão de vida e precisa ser manifestado/ concluído, para que possamos ascender na luz e cessar a roda viva de encarnações. Para que possamos ascensionar, não basta servir a vida e queimar carma, ou invocar a Chama Violeta, aliado a isto, precisamos manifestar o plano que Deus tem para nós e que antes de encarnar, nós nos comprometemos a concluir.

Nosso querido Mestre El Morya está conosco desde 600.000 a.C.É também conhecido na Federação e Confederação Intergaláticas como Marte.
El Morya teve sua primeira experiência como governante nesse Planeta, como um Rei, onde hoje é o Peru. Em 220.000 anos a.C. El Morya foi o Imperador da Cidade das Portas de Ouro na Atlântida, com o título de governante divino. Nos dias de sua grandeza, essa cidade chegou a ter 2 milhões de habitantes.

Junto do Saint Germain e Mestre Kuthumi, são os fundadores da Sociedade Teosófica.
Nessa época também, há 200.000 anos atrás, é que foram construídas as duas grandes Pirâmides de Gizé para proporcionar salas de Iniciação permanentes, para ser a casa de Tesouro e para serem Santuários do grande Talismã de Poder, em face da submersão das Terras que iria ocorrer em breve. A Grande Pirâmide serviu também para abrigar por milhares de anos instrumentos sagrados e poderosos.
A Grande Pirâmide somente recebeu o nome do Faraó Queóps, entre 4.551 e 4.528 anos atrás. Há 180.000 anos atrás, após a construção das 2 grandes Pirâmides e por um longo período, o Egito esteve submerso em decorrência do cataclisma na Atlântida. Quando tornou a emergir, o Egito foi mais uma vez povoado.

El Morya foi o patrocinador direto das escolas de mistério: a Sociedade Teosófica, a Agny Yoga, a Ponte para a Liberdade e a Summit Lighthouse.

Em 1851, El Morya contatou Helena PetrovnaBlavatsky. Ele vivia sua ultima encarnação na Terra, e era o mais conhecido dos mahatmas tibetanos, um príncipe Rajput na classe de guerreiros e governantes da Índia, muito respeitado por sua coragem e honra. O mahatma Morya era, nas palavras de Blavatsky – “um gigante, de quase dois metros de altura, e de um porte magnífico; um tipo esplêndido de beleza masculina”.

Sua luta em levar as antigas verdades espirituais do Oriente para as tradições do Ocidente, é o que faz de El Morya, um ser tão notável. Helena Blavatsky e o coronel Henry Steel Olcott fundaram a Sociedade Teosófica, sob a direção de El Morya, em 07 de setembro de 1875, na cidade de Nova Iorque. E em 1879, transferiram a sede para Bombaim, na Índia e em 1882, para Adyar, Madras (atualmente Chennai), no sul da Índia, onde permanece até hoje. Esta escola só veio para o Brasil em 1910.
A Sociedade Teosófica recebeu muitos ensinamentos do Mestre Morya e de seu bom amigo, o Mestre KootHoomiLal Singh (hoje, Mestre Ascenso Kuthumi), enviadas por meio de cartas conhecidas como as “cartas dos Mahatmas”. Estas cartas encontram-se atualmente em um museu em Londres.

Não se sabe por certo a data do seu nascimento, mas sua ascensão foi em 1898 e a comemoração de sua ascensão, ocorre todo dia 4 de abril. A nota-chave musical do Mestre Morya, é “Pompas e Circunstância” e o seu retiro no plano etéreo está localizado sobre Darjeeling, na Índia.
Entre os anos de 1920 e 1930, agora na qualidade de Mestre Ascenso, El Morya patrocinou a fundação Agny Yoga, com Nicholas e Helena Roerich, que apresentaram os seus escritos em diversas obras publicadas.
Em 1944, El Morya e o Mestre Ascenso Maha Chohan, começaram a trabalhar com Geraldine Innocente. Muitos afirmam que Geraldine é a chama gêmea de El Morya, a mestra ascensa Miriam.

Em 1952, Geraldine Innocente e Frances Ekey separaram-se do Movimento EU SOU e fundam a Ponte para a Liberdade, também sob o patrocínio do Mestre Morya.

Em 1958, Morya chamou Mark L. Prophet, (Lanello), para fundar a Summit Lighthouse e divulgar os Ensinamentos dos mestres ascensos através das “Perolas de Sabedoria”.

Em 1961, El Morya contatou Elizabeth ClareWulf e a enviou para conhecer Mark Prophet; os dois se reconheceram imediatamente como chamas gêmeas, e então, Mark, Morya, Saint Germain e Maria Santíssima, treinaram Elizabeth ClareProphet, já como esposa de Mark, para ser a Mensageira da Grande Fraternidade Branca, na escola Summit Lighthouse.

Dentre as muitas obras ditadas pelos mestres aos mensageiros Mark e Elizabeth Prophet, destacam-se os ensinamentos de El Morya nos livros: “O Chela e a Senda”, “O Poder da Palavra Falada”, “Ashram Notes”, “The Great Adventure” e muitas “Perolas de Sabedoria” com ditados do Mestre Morya.

A sua devoção extraordinária à palavra e às obras de Deus assemelham-se a uma corrente forte que flui por todas as encarnações da sua alma na Terra, por ele sempre ter sido um fiel defensor, como advogado, mestre, e uma figura exemplar diante dos nossos espíritos, elevando-se sempre em direção ao Amor divino.

Em suas encarnações mais importantes, El Morya atuou sempre mostrando sua fidelidade à Vontade de Divina:

• Ele foi Abraão, o Senhor da Era de Áries, e viveu cerca de 175 anos. Ele trouxe para a humanidade o raio azul do poder divino. Abraão foi o progenitor das doze tribos de Israel. Cada um dos filhos de Deus encarnados na Terra, pertencem a uma destas doze tribos de Israel, descendendo portanto, diretamente da linhagem de Abraão. O nome Abraão significa – “Pai ou Líder de Muitos”.

• Morya foi Melquior, um dos três reis magos a recepcionar a vinda da manifestação do Cristo em Jesus.

• Ele foi o rei Arthur da Inglaterra, onde convocou a corte de Camelot para buscar o Santo Graal, e alcançar, através da iniciação, os mistérios interiores do Cristo. Historiadores contam que Artur teria vencido 12 batalhas contra os saxões, sendo a mais gloriosa, a de Badon Hill.  Durante séculos, a história de Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda, foi contata por toda a Europa, e ainda nos dias de hoje, pelo mundo a fora, levando a mensagem da união em busca da verdade.

• El Morya foi Thomas Becket e também Thomas More, onde defendeu a Fé e a Verdade, discordando do Rei Henrique II e VIII  e nestas duas encarnações de El Morya, o rei da Inglaterra, mandou cortar sua cabeça, pois Morya não apoiava o seu abuso de poder.
Thomas Becket foi escolhido por Henrique II da Inglaterra, para ser o conselheiro real, uma posição que manteve durante sete anos, como íntimo e leal servidor do rei. Henrique recompensou Becket fazendo-o arcebispo de Cantuária. Becket, vivia uma vida de simplicidade e pobreza e, apesar de ter ajudado Henrique a diminuir o poder dos bispos, passou a defender ativamente os direitos da Igreja. Seguiram-se então, violentas questões com Henrique e um longo período de exílio. Depois de se reconciliarem, entraram em conflito novamente, até que Henrique perguntou se não haveria ninguém capaz de livra-lo “daquele padre turbulento”. Foi então, que quatro cavaleiros ouviram-no e mataram Becket nos degraus do altar de Cantuária. Becket foi canonizado em 1173 e a catedral tornou-se um local de grande peregrinação.

• Thomas More nasceu em Londres. Ele entrou para a corte de Henrique VIII em 1520, e tornou-se cavaleiro em 1521. Fez carreira como advogado; como acadêmico, ele foi inicialmente um humanista no sentido consensual do termo. A sua chancelaria distinguiu-se por não admitir a heresia. More, foi um defensor da Verdade.
Henrique VIII, queria divorciar-se e anular seu casamento, mas o Arcebispo de York não conseguiu a aprovação da Igreja e foi forçado por Henrique a demitir-se em 1529. Thomas More, foi então nomeado chanceler em sua substituição.
More era um grande estudioso do direito canônico e sendo ele profundamente religioso, não podia aprovar a anulação do sacramento de Henrique; a posição do Papa Clemente VII era claramente contra o divórcio. Henrique até então desconhecia este fato, mas ao descobrir que não teria o apoio de More, colocou-se a si mesmo na liderança da Igreja na Inglaterra.
O Parlamento promulgou então, o Decreto da Sucessão, que incluía um juramento reconhecendo a legitimidade de qualquer criança nascida do casamento de Henrique VIII com Ana Bolena, e repudiando “qualquer autoridade estrangeira, príncipe ou potentado”.
More foi chamado a fazer o juramento em Abril de 1535, e perante sua recusa, foi aprisionado na Torre de Londres. A sua reação foi a de manter o silêncio no assunto, o que pela lei poderia ser considerado o consentimento, sem que ele se comprometesse. Esta estratégia falhou no entanto, e More foi julgado, condenado e sentenciado, e posteriormente executado em Tower Hill a 6 de Julho. Sua cabeça foi exposta na ponte de Londres por um mês e depois recuperada (após pagamento de suborno) pela sua filha, Margaret Roper, (uma das encarnações de Elizabeth ClareProphet).
More foi canonizado como santo da Igreja Católica em 1935. O seu dia festivo é 22 de Junho.

• No século 16, El Morya nasceu no Oriente, como o maior dos imperadores mongol, o grande Akbar. Jalal-ud-Din Mohammed Akbar, o Grande. Nasceu em 15 de junho de 1542 em Agra, e faleceu em 13 de outubro de 1605. Akbar foi o maior dos imperadores mongóis da Índia, entre 1556 a 1605, e Imperador do Industão. Dedicou sua vida à busca da Verdade. Ele foi descrito pelos historiadores como sendo um perfeito rei filósofo. Este grande amigo do povo comum, surgiu para eles como um Pai. Na Índia, ele foi conhecido como o Pai da tolerância religiosa, ao contrário de seus antecessores e dos costumes da época, por que ele permitiu ao seu povo, o livre arbítrio religioso.Akbar, unificou deferentes povos e levou seu povo a um elevado nível espiritual. Akbarfoi o avô do imperador ShahJaham (uma das encarnações do mestre Kuthumi), construtor do Taj Mahal.

• Em sua última encarnação terrena, foi El Morya Khan, filho do monarca de Bangladesh. Nessa existência, ele renunciou ao trono do qual era herdeiro e abraçou a vida religiosa, tendo ascencionado em 1888. Muitas foram as obras de Mestre El Morya no serviço à Luz.Suas muitas vidas na Terra, são um exemplo a ser seguido. El Morya Khan, foi a vontade de Deus manifestada em toda e qualquer situação.

MESTRA MÍRIAN

O suplemento do Mestre Mestre El Morya conhecida como “Lady Miriam” foi em vidas passadas José de Arimatéia, três vezes pitonisa do oráculo de Delfos(Delfos era um recinto e um complexo de construções num terreno sagrado para os antigos gregos, onde se realizavam os Jogos Píticos e havia um templo consagrado ao deus Apolo, originalmente consagrado à Pítia. Neste templo, as sacerdotisas de Apolo (Pitonisa) faziam profecias em transes). As respostas e profecias ali obtidas eram consideradas verdades absolutas. Miriam foi irmã de Moisés e Sir Galahad um cavaleiro do Santo Graal. Sua última encarnação, foi GeraldineInnocence, nasceu em 29 de março de 1915. Innocence trabalhou com os Mestres Ascensos desde final dos anos quarenta, mas oficialmente em 16 de abril de 1952. Era uma mulher respeitável, tudo bem, elegante, incapaz de pronunciar uma palavra contra alguém, quase um santo vivo. Após o seu ministério na terra, a amada Lady Miriam, fez sua ascensão e serve como Chohan do Raio Azul, juntamente com El Morya. Ela atualmente tem seu retiro etérico sobre a ilha de Ceilão, agora chamado Sri Lanka, localizado sobre o Mar de Bengala, sul da Índia, onde também é a retirada de Aeolus Santo Amado e Paulo The Venetian, porque tanto o Venetian como Lady Miriam são discípulos do Amado Santo Aeolus, o Espírito Cósmico.

Geraldine começou a sensibilizar e comunicar o seu contato com a Hierarquia Espiritual, em 1944, revelando o seu contato com o El Mestre Morya, em seguida, seguiu com o MahaSahib.Estava Geraldine a regar o jardim de sua casa em Havana, Cuba, quando se apresentou a Sra. Vesta, a Deusa do Sol de nosso sistema em pessoa, e disse: “Ya!.

E Geraldine entendeu o que ela quis dizer e fundou “A Ponte para a Liberdade”.  Começam os Mestres Ascensos a comunicar mudanças imensas dentro da Hierarquia Espiritual: SanatKumara, vai para Vênus o Senhor Gautama sobe para a posição de Senhor do Mundo.

A GeraldineInnocente cabe a apresentar esta informação para todo o planeta. Geralmente falava com os Mestres entre 4 e 6 horas da manhã. Depois vem a transferência de Shamballa, que estava no deserto de Gobi e começou a trabalhar através do O Templo do Espírito Santo, que estava em LongIsland na época dos Atlantes.

Na região etérica de Shamballa em Nova York se vê um desrrame de luz enorme.

“Maya” é a ilusão do mundo, a morte, e todo o pecado e corrupção que dizem existir em Nova York está sendo removido.  Geraldine fez sua mudança de foco das mãos do MestreMorya em 21 de junho de 1961.  Graças aos ensinamentos de GeraldineInnocente é que ConnyMendez, que é um estudante da Ponte para a Liberdade em Nova York, aprendeu o que ele sabia do Mestre Saint Germain, os Raios, sua utilização e os dias a que pertencem cada um, especialmente a Chama Violeta e a utilização da folha da lâmina da Presença I AM.
ConnyMendez recebia a cada mês, a revista da ponte com os ensinamentos de Geraldine

ARCANJO MIGUEL

Dos sete poderosos Arcanjos, Mensageiros de Deus, o Arcanjo Miguel, o Senhor dos Anjos, e tem como complemento Divino a Arquéia Santa Fé. É o mais conhecido; ele é o Arcanjo da fé, da proteção e da libertação do mal. Apelos infindáveis que lhe são dirigidos pelos povos daqui da Terra e suas prontas respostas fizeram com que Ele mais se aproximasse da Terra. O Arcanjo Miguel, irradia um brilho deslumbrante de confiança e fé em Deus. O Príncipe Miguel ouve, muitas vezes, as súplicas dos homens, as quais trazem dor d’ alma, mental e física. Bem no início, quando os homens se encarnavam aqui na Terra, Ele resolveu acompanhá-los de livre e espontânea vontade,e ser o guardião da fé em Deus. Sua presença ou Suas Cortes Celestiais dirigem-se à Terra para estar ao lado de todos aqueles que desejarem seu auxílio.

O Templo do Príncipe Miguel está situado sobre Rocky Mountains, no Canadá. Por longo tempo, existiu no plano físico. É circular e de considerável proporção; tem quatro entradas que correspondem aos quatro pontos cardeais. Este Templo é construído de maravilhoso material dourado. Possui magníficas incrustações de safiras azuis. Sobre sua cúpula, há uma figura do Príncipe Miguel.Ao descerem à Terra os primeiros grupos da humanidade para povoá-la, Ele foi seu guardião. Estes seres puros e inocentes incorporaram-se, ao princípio, nas proximidades das montanhas de Teton, em Wyoming, USA.

Séculos mais tarde, quando os seus seguidores vieram de outras estrelas e trouxeram trevas e desarmonias, o Príncipe Miguel e sua Corte de Anjos retiraram-se cada vez mais da Terra para o seu Santuário da Fé, o qual foi construído com a substância da Terra.Deste Foco de Irradiação, Ele e Sua Legião continuaram a guardar, a proteger e a servir.

Isto aconteceu antes que a humanidade começasse a perder seu vigor por motivos de caprichos, teimosia ou independência (que é sua natural herança) e perder o direito de estar em companhia dos anjos e seu guia, conviver entre eles e aceitar os seus conselhos.

De todas as partes da Terra vinham, antigamente, essas pessoas para receberem os Poderosos Raios deste Grande Arcanjo, haurir novas forças para seus trabalhos particulares e encher as suas almas com uma forte féno reino, tão divino na Terra como no Céu. Deste Templo etérico do Arcanjo Miguel saem, incessantemente, os auxiliares e mensageiros da Proteção, da Misericórdia, Absolvição e Ajuda. O Raio do absoluto, da fé ininterrupta em Deus transpassa incessantemente os mundos mental,sentimental, etérico e físico do planeta e seu reino de desenvolvimento.Em seus corpos mais sutis ou tênues, à noite, são muitas as pessoas que vão a este Templo, ou seja: as que desejam libertar-se de qualquer criação humana, de doenças, males d’alma e de toda limitação e barreiras humanas. Ali, elas encontram novo ânimo ou nova força para continuarema missão que escolheram ao virem Servir na Terra.

Quando, conscientemente, se apela ao Arcanjo Miguel e sua Legião, estasúplica é atendida prontamente e distribuído o socorro em cada necessidade que oprime e enfraquece. Algumas destas opressões outormentos, ou sugestões das massas, são aglomerações de energias acumuladas.

ELOHINS ERCULES E AMAZON

Elohins, estes são Seres que fazem parte de uma evolução paralela à humana, a evolução Elemental anteriormente aqui. Estes seres estão direcionados á construção de sistemas, galáxias, planetas, por isso chamados de “construtores divinos”. Foram estes seres que estiveram encarregues de criar o nosso planeta, tal como aparece na Biblia, em Génesis, quando Deus criou o mundo em sete dias, foram os sete Elohins de Deus que criaram o mundo á sua semelhança e ordem. Por isso eles têm uma vibração divina tão intensa e forte que é para muitos difícil entrar em contacto com eles.

O Elohim Hércules e Seu divino complemento Amazon foram os primeiros que seguraram uma oportunidade de ajudar a Deus-Pais deste Sistema e,nesse mister, criaram a Terra com material primitivo. Eles obedeceram ao chamado do Bem- Amado Hélios e de Vesta. Estes dois Grandes Seresviram o plano ou projeto divino e disseram: “Nós QUEREMOS ajudar, na criação da Terra e do ‘habitat’ deste planeta para as gerações ainda nãonascidas do Coração de Deus!” Para cada configuração criadora deve estar presente a VONTADE e com a força completar ou terminar o que estavaprevisto para poder expandir o “Limite do Reino do Pai”

Hércules e Amazon representam a dinâmica Chama Azul da Força, do Poder e da Ação voluntária. Quando apelais para vos envolverdes nesta grande proteção, o poder, a força manifestar-se-ão em vosso mundo – pois nenhum poder disputa, jamais, com o potente Hércules!
O Elohim Hércules, e o seu complemento divino Amazona, trabalham sobre a chama azul, no seu retiro espiritual localizado no Half Dome, na Sierra Nevada, California.

A sua energia é de um azul elétrico muito intenso com um contraste suave de rosa.

O Elohim Hércules já está presente na terra desde a Era Dourada, é uma energia da época atlante, tal como Amazona, o seu complemento divino que ascendeu a sua energia na América do Sul, defendendo os direitos das mulheres de uma forma justa e sem violência. O nome Hércules significa “A Glória do Ar“, devido à sua ascensão do plano etérico, ele fazia parte do Devas mais elevados do Ar, e assim se tornou o Elohim da precipitação da chama da força e fé.

Ele foi reconhecido na Era Grega, onde foi considerado um Deus, filho de Júpiter, que curiosamente na altura era o nome do Mestre do primeiro Raio também. Este Elohim teve que passar pelos mistérios sagrados, caminho feito por muitos seres antigos, onde tinham um contacto direto com a Divindade.

Hércules trabalha com a energia da Força, da Fé e da Justiça, ele diz que ele atuará sempre quando pelo seu nome o chamarem, pois um ser divino não pode fazer nada se não o chamarem até porque eles não podem tocar no nosso livre arbítrio, ele ainda salienta que por mais que existam tempestades, cataclismos ou qualquer catástrofe, se chamarem o seu nome ele irá socorrer.

O TEMPLO DA PROTEÇÃO E DA FORÇA DE HERCULES

No Reino Etérico sobre Zurique, Suíça; Hierarca: Elohim HÉRCULES; Cor da Chama: Azul Atributos: Força, Proteção e Poder; Música, 5ª Sinfonia de bethovem, op. 67

O CENTRO DE LUZ DO ELOHIM HÉRCULES
De todos os Centros de Luz e Focos Ardentes jorra energia ao templo do grande HÉRCULES. Aqui as qualidades recebem um impulso adicional, para então se irradiarem com poder reforçado.

No meio da majestosa construção de puro mármore branco, reside o verdadeiro Foco Ardente. Esse recinto, de forte irradiação energética, não pode ser suportado pelos alunos, por causa da elevada vibração existente. O aluno ou buscador, que aqui gostaria de receber ensinamentos, tomará conhecimento da Força, mas também da amorável bondade, próprias do grande Elohim HÉRCULES. Ele, com outros grandes construtores do Universo, foram incumbidos da construção de nosso Sistema Planetário. São Seres de imensurável Força, que sempre se inclinaram para a humanidade com grande amor. Uma vez que Elohim HÉRCULES novamente abre seus portões aos alunos da Grande Fraternidade Branca, estes deveriam absorver alguma coisa de sua insuperável e ardente Força, e também Poder, Coragem e Responsabilidade – virtudes que contribuem essencialmente para fortalecer o trabalho dos alunos na divulgação da Luz na Terra.

Eles vivenciarão o que significa defrontar-se com esse Grande Ser Cósmico, pois somente aqueles alunos, sérios aspirantes que acreditam que ao querer seguir a ação, poderão encontrar amoroso apoio. Nesse Templo, o aluno recebe o necessário estímulo para suas forças internas. Problemas poderão ser discutidos com os professores, a fim de encontrarem uma solução. Mesmo que a lembrança não possa ser levada à consciência cotidiana, serão criadas as condições para os futuros acontecimentos.

Em momentos de meditação, ou antes de dormir, ou agora mesmo, enquanto lê esse texto, pare um instante, respire profundamente, peça a Hercules que dispense um quantum de energia suficiente e peça a ele para que lhe conduza ao seu Reino Etérico, sobre Zurique na Suíça, a fim de receberos ensinamentos sagrados, as suas irradiações de força, coragem, determinação, disciplina e ordem, amor e bondade do próprio Hercules a fim de facilitar o seu plano divino. Respire fundo e relaxe.

ELOHIN ASTREA

“Ascensão e Amor”

Astrea, a Mãe Estelar, e sua Chama Gêmea Pureza (o aspecto masculino), são os Elohim do 4º Raio de Deus, o Raio da harmonia e da pureza, que atuam com o 1º Raio, junto com o Arcanjo Miguel nos trabalhos de desobsessão. A amada Astrea pode nos libertar dos obsessores, miasmas, energias psíquicas, formas pensamentos negativas, entidades e magia negra. Contudo, para que ela possa atuar em nossas vidas, precisamos praticar o exercício da palavra sagrada com invocações e comandos de luz (decretos), o verbo, favorecido pelo chacra do Raio Azul, o laríngeo que é ativado no El Morya Reiki. O chamado compele a resposta.

O poder e efeito surpreendente de invocações diárias à amada Astrea é extraordinário, porque Astrea, pouco a pouco vai suavemente libertando as pessoas dos obsessores, da maldade e da ignorância, clareando a mente para os propósitos divinos.  Astrea representa a Mãe divina e quando é chamada, vem como uma leoa salvar Seus filhos da maldade.

Ela está muito presentes às mães do Planeta, também pode nos libertar de problemas que nos parecem insolúveis, como por exemplo: um lar em desarmonia; filhos presos as amarras dos vícios; uma pessoa dominada psiquicamente; uma pessoa sem rumo na vida; sem responsabilidade; pessoas possessas; e qualquer outro tipo de problema, causado por influências astrais, de energia corrompida e/ou malignas.
Se você fizer diariamente o comando de Astrea, citar o nome completo de seus familiares e protegidos, verá em poucos meses que cada um deles deu um passo à frente espiritualmente.

O comando Astrea e Miguel tem poder para libertar-nos dos demônios e entidades que ficam agarradas aos corpos inferiores; Arcanjo Miguel, o Arcanjo do 1º raio, leva as entidades arrancadas por Astrea, para bem longe de nós. Além disso, neste comando, invocamos e recebemos a armadura e o escudo do Arcanjo Miguel, Mestre El Morya, São Jorge Guerreiro,Herculese toda a Hierarquia do 1º Raio e que nos trazem a proteção e direção Divina.

MESTRA GLORIA

É a Mestra que tem sua vibração na energia das águas do Mar Divinizado, representa a beleza, a família, a maternidade e o amor. Suas funções mágicas vêm de épocas remotas, pois todas as civilizações antigas sempre endeusaram a mulher e seus atributos, a Deusa Mãe. Está associada a Nossa Senhora da Gloria. Na mitologia romana pode ser considerada correspondente a Venus, na grega a Afrodite, no Brasil, pode ser associada Mãe Iemanja. Seus elementos na natureza são a água do mar, o cristal e a prata, além da lua. Sua cor é o azul claro. Seu símbolo é Estrela de cinco pontas, personificada na estrela do mar. A estrela que indica o despertar da esperança, da certeza na elevação e na vitória. É mãe da generosidade e a simpatia, atributos que emana as filhos da Luz, para alcançarem seus propósitos, envolvendo-os em frequências mais maternais com seus afetos do que sensuais.

É a Mestra da criatividade e da habilidade artística, despertando a sensibilidade nessa área, ou o gosto em apreciá-las. Por outro lado, como forma de equilíbrio, dispensa a energia da reflexão, do raciocínio lógico e necessário, aplicado na geometria sagrada, que na verdade é uma grande obra de arte da Divindade que exige a perfeição nos traços a seus pontos de convergência. Em cada ser que vibra na sua energia há um pouco de homem assim como há um pouquinho de mulher. Ambos são como as ondas do mar que às vezes ficam revoltas. Quando tudo passa o equilíbrio retorna trazendo a bonança da paz.

Amada Mestra Gloria

Que as suas divinas águas recaiam agora, sobre mim, lavando a minha alma e meu corpo, purificando meus sentimentos, unificando-me com a sua Divindade, ancorando em meu ser a sua generosidade, pureza e perfeição. Assim o É

SÃO JORGE GUERREIRO – MESTRE LONNAN

São Jorge hoje atua no 1º Raio, como Mestre Lonnan, serve como um dos generais do Grande Comando de Resgate Ascencional para o Planeta Terra. Mestre Lonnan, o nosso querido São Jorge nos diz: “Amados, imagine se um dragão cuspindo fogo surgisse agora na sua frente, você acha que seria capás de enfrentá-lo?   Eu Jorge lhe afirmo que sim.  Pois você já enfrenta, você é forte e tão valente que enfrenta vários dragões todos os dias para proteger, seus filhos, seus pais, seus irmãos, seus parceiros, seus amigos, e até para proteger-se de si próprio, pois enfrenta o maior dragão que poderia atacá-lo que é você mesmo, comsuas inquietações, medos, dúvidas, inseguranças(seus dragões imaginários) que você ainda acredita se sejam as suas limitações.Note que neste instante em que procura esclarecer-se mais através do conhecimento que liberta, quantos dragões internos já enfrentou para poder chegar até aqui? Você nem se deu conta, pense nisso, você é forte, poderoso e audacioso! Eu SouLonnan, Eu Sou Jorge em vós, minha força é sua força, minha coragem é sua, minha determinação é sua, minha fé, é a sua fé agora. Pelo poder e na velocidade da Luz! Adonai”

Em torno do século III D.C., quando Diocleciano era imperador de Roma, havia nos domínios do seu vasto Império um jovem soldado chamado Jorge. Jorge era filho de família rica, estudou muito e foi criado com esmero, aprendeu desde a sua infância a crer em Jesus como seu salvador pessoal. Nascido na antiga Capadócia, região que atualmente pertence à Turquia, Jorge mudou-se para a Palestina com sua mãe após a morte de seu pai. Devido a sua vocação para liderança, lá foi promovido a capitão do exército romano devido a sua dedicação e habilidade – qualidades que levaram o imperador a lhe conferir o título de conde. Com a idade de 23 anos passou a residir na corte imperial em Roma, exercendo altas funções.
Por essa época, o imperador Diocleciano tinha planos de matar todos os cristãos. No dia marcado para o senado confirmar o decreto imperial, Jorge levantou-se no meio da reunião declarando-se espantado com aquela decisão, e afirmou que os os ídolos adorados nos templos pagãos eram falsos deuses.

Todos ficaram atônitos ao ouvirem estas palavras de um membro da suprema corte romana, defendendo com grande ousadia a fé em Jesus Cristo como Senhor e salvador dos homens. Indagado por um cônsul sobre a origem desta ousadia, Jorge prontamente respondeu-lhe que era por causa da VERDADE. O tal cônsul, não satisfeito, quis saber: “O QUE É A VERDADE?”. Jorge respondeu: “A verdade é meu Senhor Jesus Cristo, a quem vós perseguis, e eu sou servo de meu redentor Jesus Cristo, e nele confiado me pus no meio de vós para dar testemunho da verdade.” Como São Jorge mantinha-se fiel a Jesus, o Imperador tentou fazê-lo desistir da fé torturando-o de vários modos. E, após cada tortura, era levado perante o imperador, que lhe perguntava se renegaria a Jesus para adorar os ídolos. Jorge sempre respondia: “Não, imperador ! Eu sou servo de um Deus vivo ! Somente a Ele eu temerei e adorarei”. E Deus, verdadeiramente, honrou a fé de seu servo Jorge, de modo que muitas pessoas passaram a crer e confiar em Jesus por intermédio da pregação daquele jovem soldado romano. Finalmente, Diocleciano, não tendo êxito em seu plano macabro, mandou degolar o jovem e fiel servo de Jesus no dia 23 de abril de 303. Sua sepultura está na Lídia, Cidade de São Jorge, perto de Jerusalém, na Palestina. A devoção a São Jorge rapidamente tornou-se popular. Seu culto se espalhou pelo Oriente e, por ocasião das Cruzadas, teve grande penetração no Ocidente. Verdadeiro guerreiro da fé, São Jorge venceu contra Satanás terríveis batalhas, por isso sua imagem mais conhecida é dele montado num cavalo branco, vencendo um grande dragão. Com seu testemunho, este grande santo nos convida a seguirmos Jesus sem renunciar o bom combate.

Lendas: um horrível dragão saía de vez em quando das profundezas de um lago e se atirava contra os muros da cidade trazendo-lhe a morte com seu mortífero hálito. Para ter afastado tamanho flagelo, as populações do lugar lhe ofereciam jovens vítimas, pegas por sorteio. um dia coube a filha do Rei ser oferecida em comida ao monstro. O Monarca, que nada pôde fazer para evitar esse horrível destino da tenra filhinha, acompanhou-a com lágrimas até às margens do lago. A princesa parecia irremediavelmente destinada a um fim atroz, quando de repente apareceu um corajoso cavaleiro vindo da Capadócia. Era São Jorge. O valente Guerreiro desembainhou a espada e, em pouco tempo reduziu o terrível dragão num manso cordeirinho, que a jovem levou preso numa corrente, até dentro dos muros da cidade, entre a admiração de todos os habitantes que se fechavam em casa, cheios de pavor. O misterioso cavaleiro lhes assegurou, gritando-lhes que tinha vindo, em nome de Cristo, para vencer o dragão. Eles deviam converter-se e ser batizados.

A lua:Quanto a lenda de que São Jorgemora na lua, pode ter raízes brasileiras: na Umbanda, São Jorge corresponde ao orixá Ogum, entidade da guerra. Esse orixá tem energia masculina, o que o faz buscar o complemento, nas vibrações femininas na lua.